cartazDIA 3 DEZEMBRO 2019

No passado dia 3 dezembro o Agrupamento evocou o dia internacional da pessoa com deficiência, sensibilizando para o respeito pela diferença e promoção da dignidade humana.

Durante manhã, foram desenvolvidas atividades para na escola secundário e no ensino básico da escola básica dr. Abranches ferrão, envolvendo o Plano Nacional de Cinema, a Biblioteca Escolar e o Grupo de Educação Especial. A leitura de um artigo publicado no jornal “ Público” a 14 de novembro intitulado “ Sociedade inclusiva ou exclusiva” cuja autora é uma jovem aluna de 17 anos, invisual, foi o mote para refletir sobre a deficiência/ diferença, a que se seguiu a projeção de curtas metragens “Cuerdas” e “Tamara a menina surda que sonhava ser bailarina”. Apresentação do trabalho dos alunos do 12º E, na disciplina de Oficina de Artes intitulado “Neurónio” ilustrando que somos, na verdade, todos um… com as mesmas unidades biológicas, mas com ligações diferentes, com ideias diferentes… pessoas distintas.

Nas bibliotecas e auditórios dos diferentes estabelecimentos de ensino foi possível visitar a exposição de materiais sobre a temática, ouvir histórias, ver curtas metragens e trocar ideias/refletir sobre o assunto. Nas escolas do ensino básico o grupo de Educação Especial em conjunto com as Técnicas Especializadas de Terapia da Fala e Terapia Ocupacional dinamizaram um espaço sensorial que proporcionou estímulo, relaxamento, conforto, através do uso de uma diversificada gama de estímulos sensoriais, auditivos, visuais, ou táteis, utilizados de uma forma individual ou combinados, permitindo estimular os sentidos primários sem obrigatoriamente existir necessidade de recorrer às capacidades intelectuais, mas sim às capacidades sensoriais dos alunos. O ambiente, que o espaço sensorial apresentou promoveu o auto-controlo, autonomia, descoberta e exploração, bem como efeitos terapêuticos e pedagógicos positivos.

Foram momentos mágicos que possibilitaram encorajar o voo de todos nós. (Rubem Alves)

Dezembro 2019