Livro do mês “PALAVRA DE MULHER”

Maria João Lopo de Carvalho

Autor: Maria João Lopo de Carvalho nasceu em 1962 e licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas pela Universidade Nova de Lisboa. Professora de Português e de Inglês no ensino público e privado, representante em Portugal dos colégios ingleses Pilgrims, fundou e dirigiu a Know How, Sociedade de Ensino de Línguas, e a Know How, Edições Produções e Publicidade destinada à tradução e à criação de livros personalizados para crianças e à conceção anual do Guia da Criança.

Publicou o primeiro romance, o best-seller Virada do Avesso, em 2000 e Acidentes de Percurso, em 2001, Adopta-me, em 2004, Palavra de Mulher, em 2005, Marquesa de Alorna, em 2011, Padeira de Aljubarrota, em 2013, Até que o amor me mate, em 2016, O fado da Severa, em 2018, e O Bisavô, em 2020. Para além da escrita de romances para adultos, destaca-se também na escrita para o público infantil e infantojuvenil: a coleção os “7 irmãos”, em parceria com Margarida Fonseca Santos, e livros infantis como “A minha avó é a melhor do mundo”, “Animais à solta” e “Que bicho te mordeu?”, entre outros.

Divorciada, mãe de dois filhos, fala e escreve pelos cotovelos e tem sempre tempo para tudo, sobretudo para os amigos.

Resumo: "Palavra de Mulher" é uma recolha de pequenas histórias que marcam o Sol e a Lua da Maria João nas páginas do Expresso, Diário de Notícias, Semanário, GQ e Euronotícias. Palavras do direito e do avesso, sentidas ou pensadas. Palavras ditas ora na ponta da língua ora de coração na boca. Palavras segredadas ao ouvido com mágoa ou doçura, mordazes e muito críticas. Palavras que redimem, perdoam, sorriem ou espantam. Como estados de alma, as palavras da Maria João descrevem as pessoas, os gestos e os sentidos pelo prisma mais saboroso de todos: o que se ri de si mesmo.

EDITORA: Oficina do Livro

Sugestão: Margarida Loureiro

 


Imprimir