Text size

http://www.educare.pt/noticias/rss

Notícias mais recentes
  1. Greve não perturbou exames nacionais
    Serviços mínimos garantiram a realização das provas nacionais de 21 de junho. Sindicatos estão satisfeitos com a adesão e prometem não desistir das reivindicações relacionadas com o estatuto profissional da classe docente. FENPROF vai apresentar queixa porque, segundo alega, houve escolas a convocar mais professores do que os que estavam estipulados nos serviços mínimos. FNE tem novo cartaz.
  2. “Preocupa-nos que se confunda escola com sala de aula”
    A Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP) está a celebrar 40 anos. Jorge Ascenção, presidente da Confederação, fala de conquistas, de propostas, de estratégias, de preocupações, de políticas, nesta entrevista ao EDUCARE.PT. Na sua opinião, a qualidade das infraestruturas escolares evoluiu, mas os modelos de ensino, a formação de professores e os processos de trabalho quase estagnaram.
  3. Reuniões, respostas insuficientes e a greve mantém-se
    FENPROF e FNE reuniram-se com a tutela esta segunda-feira à noite. As reivindicações mantêm-se de pé, as negociações continuam, a greve de quarta-feira permanece na agenda. Cerca de 75 mil alunos têm exames nacionais nesse dia. Os serviços mínimos estão fixados para assegurar a realização das provas.
  4. Trabalhar para os testes ou trabalhar com os testes?
    O IAVE analisou desempenhos de alunos do secundário nos exames nacionais aplicados entre 2010 e 2016. As maiores dificuldades estão na capacidade de aplicar conhecimentos a novas situações e nos exercícios que fogem da rotina. O Instituto de Avaliação Educativa sugere abordagem alternativa que não passe por treinar para os testes.
  5. Partidos têm ideias para combater violência e bullying nas escolas
    PCP propõe criação de gabinetes pedagógicos de integração escolar para promover um ambiente saudável e acompanhar alunos sinalizados. Os Verdes defendem mais psicólogos nas escolas e o CDS-PP recomenda ações de sensibilização sobre cyberbullying.
  6. Os chumbos devem ser uma oportunidade ou um problema?
    Estudo conclui que o défice de competências na leitura é a principal causa dos chumbos no 2.º ano do 1.º Ciclo do Ensino Básico. A maioria dos professores inquiridos refere que as repetências têm vantagens na consolidação das aprendizagens. A desmotivação dos alunos é o maior problema.
  7. 72% dos alunos retidos no 5.º ano tiveram negativa a pelo menos cinco disciplinas
    Estudo divulgado pelo Ministério da Educação mostra que é mais difícil recuperar notas em Matemática e Inglês. Só 21% dos alunos conseguiram, no final do 6.º ano, subir a negativa em Matemática trazida do 5.º ano. A Inglês a taxa de recuperação foi de 34%.
  8. Greve anunciada para dia de exames
    Federação Nacional dos Professores e Federação Nacional da Educação avançam com uma greve no dia 21 de junho se o Ministério da Educação não se comprometer em várias matérias. Se as carreiras não forem descongeladas em janeiro de 2018, os professores param em dia de exames nacionais e provas de aferição.
  9. Mudar modelos e práticas para uma educação de qualidade
    FNE, CONFAP e ANDAEP querem que o papel dos pais e encarregados de educação, do movimento associativo parental, e dos professores seja reconhecido e que a formação inicial e contínua dos docentes seja revista. As três organizações defendem políticas estáveis e duradouras numa declaração conjunta que será entregue ao Presidente da República.
  10. Muitos adolescentes não conseguem entender o dinheiro”, diz a OCDE
    Estudo da OCDE sobre literacia financeira revela dados preocupantes sobre falta de conhecimentos nos jovens para lidar com problemas relacionados com o dinheiro no dia a dia.

Agrupamento de Escolas de Seia - Rua Alexandre Herculano (sede) - 6270-428 SEIA - Telef: 238 315 717 - Fax: 238 317 416 - Email:  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.